Quick
index
main
eev
maths
blogme
dednat4
littlelangs
PURO
(GAC2,
λ, etc)
(Chapa 1)

emacs
lua
(la)tex
fvwm
tcl
forth
icon
debian
irc
contact

2013dec12-ict

Os documentos sobre a transição RFM->RCN estão aqui.

Tem um par de falas muito importantes que não saiu na ata - a do Dalessandro que começa em 39:22 e a minha resposta (com a historinha do Forte Apache) que começa em 46:28. Veja a gravação da reunião seguinte.

0:00 antonio: eleição pra já

0:35 Fontana: Só queria fazer um comentário. Democracia é
  respeito à lei. Democracia não é todo mundo ter voz, todo
  mundo falar. O sistema nosso é um sistema representativo. Aqui
  tem representantes dos professores, representantes dos alunos, que
  têm direito a voz e voto.
0:55 Fontana: As pessoas que querem se inscrever (...) uma reunião
  de colegiado, numa assembléia todo mundo fala.
1:20 Ernani: Vou me permitir discordar do professor Fontanta
2:35 flavia
4:11 eduardo
5:16 anibal
7:02 antonio
11:32 copetti
13:14 dalessandro: data da eleição
13:27 dalessandro: tinha na cabeça processo em abril, maio
13:55 dalessandro: eleição em maio seria ideal
0:00 Moa: e pediu pra sair do instituto, extinguir o seu departamento
0:17 Moa: me sinto desconfortável de ter uma eleição e depois
0:25 Moa: depois tá indo pro outro institutro
0:54 Moa: eu sou totalmente a favor das eleicoes
1:40 Moa: é querer se aproveitar do momento
1:58 Moa: mas eu nao vim aqui pq eu quis
2:39 Antonio: interromper reunisao pros que
2:52 Marcelle
3:22 Fontana: ir contra o regimento
3:58 Fontana: 5 mins
4:28 Marcelle: mas acho inviavel
3:59 Fontana: 5 mins
5:37 Reginaldo
7:05 Reginaldo: isso pra mim não é democracia
7:20 Reginaldo: o próprio colegiado qept fica tentando evitar as eleições
8:26 Marcelle
8:34 Marcelle: se iríamos iniciar o processo eleitoral agora ou não
9:28 Marcelle: 3 votos a favor
9:30 Ernani
9:25 Eduardo: o RFM votou a favor
9:42 Antonio
10:05 Quinet: se a maioria se manifestou que não é o momento
10:28 Flavia
11:27 Quinet
11:43 Antonio
12:07 (Reginaldo vai embora)

12:30 Marcelle: ponto 5 - resultado da comissão
13:29 Anibal:
13:49 Anibal: e possíveis consequencias
13:59 Anibal: não chegamos a um consenso único a gente não preparou ainda
14:38 Eduardo: a nossa comissão se reuniu 3 vezes
14:45 Eduardo: e colocar num site
14:55 Eduardo: em cada reunião a gente levantou todos os problemas
15:02 Eduardo: se a gente não levantou todos os problemas imagináveis
15:08 Eduardo: e descobriu como resolver eles
15:14 Eduardo: na segunda reunião o Aníbal apareceu com um esboço de parecer
15:22 Eduardo: no início eu discordei muito desse esboço mas aí eu vi que
15:28 Eduardo: o melhor seria que a gente incluísse esse documento no processo
15:50 Eduardo: dois documentos complementares
16:04 Eduardo: e aí eu preparei esse diagrama daqui
16:20 Marcelle: isso foi discutido na comissão?
16:20 Eduardo: essa versão é uma melhoria do que a gente fez no quadro ontem
17:00 Eduardo: dentro do IHS eu fingi que é um departamento pra cada curso
17:08 Eduardo: que o RFM fosse extinto, o RCN fosse criado
17:27 Eduardo: motivos pra gente não querer extinguir o RFM
17:35 Eduardo: que a gente diga que a gente propôs a extinção do RFM só porq
17:50 Eduardo: na proposta 1 o RFM desaparece
18:22 Eduardo: o ICT pode estar criando um curso em Petrópolis
18:30 Eduardo: perfil mais adequado *
18:50 Eduardo: a quantidade de horas-aula que o RFM oferece
19:05 Eduardo: o ICT está perdendo 14 vagas
19:10 Eduardo: esse problema se divide em várias partes
19:28 Eduardo: um processo administrativo contra um departamento q se recusa
19:39 Eduardo: a não ser que a gente viva numa terra sem lei
19:46 Eduardo: que se perde aulas com a transferência do RFM
20:04 Eduardo: que com a criação de um curso novo a gente vai
21:00 Eduardo: a posição de várias pessoas é de que só se pode votar
21:12 Eduardo: olhem para estes itens A e B aqui a direita
21:12 Eduardo: o item A é: "O colegiado apóia a idéia da
               remoção dos professores do RFM para o RCN na
               forma como foi apresentada"
21:28 Eduardo: reparem que tá "idéia"
21:45 Eduardo: item B: "mas ressaltando que ainda é
               necessário pôr os detalhes por escrito e que o
               parecer definitivo só poderá ser dado depois
               que estes detalhes forem discutidos numa reunião
               deste colegiado"
21:55 Eduardo: então todas as pessoas que acharem que só se
               pode votar algo definitivo vão achar o B fundamental ***
22:25 Eduardo: isso é um modo da gente votar alguma coisa hoje
22:33 Anibal: vou falar um pouco da alternativa 2
22:55 Anibal: foi decidido apenas dentro do IHS
24:00 Anibal: que é o conceito, o objetivo, metas, atividades
24:58 Anibal: alternativa 2
25:26 Anibal: não podemos deixar de resguardar os cursos que estão funcionand
25:38 Anibal: esse pontilhado significa que os professores trabalhariam no pr
25:52 Aníbal: O projeto tem que prazos, ser quantitativo - quantos
              professores, em que áreas ***
26:35 Anibal: importância das vagas dos profs dentro da engenharia
26:49 Anibal: reposto essas vagas
27:32 Anibal: trabalhar num projeto em conjunto
27:48 Anibal: captação de vagas
28:40 Eduardo: isso é a posição da maioria da comissão
28:48 Eduardo: que tá no documento complementar
29:00 Eduardo: o processo ainda não existe e foi discutido no IHS
30:04 Eduardo: academicamente a transferência
30:20 Eduardo: em colegiados de curso
30:40 Eduardo: que termina com "sem prejuízo..."
31:30 Eduardo: as vagas docentes pertencem aos departamentos
31:50 Anibal: enquanto comissão não temos uma posição clara ***
32:26 Anibal: processo coerente que garanta
33:10 Eduardo: e temos os itens A e B
33:25 Marques: isso só foi discutido na comissão
34:00 Eduardo: item B
34:00 Marques: 
34:00 Welington
34:20 Welington: nós alunos
34:48 Marcelle
35:00 Fontana
35:00 Fontana: vocês não montaram um parecer final
35:20 Eduardo: chegamos a um consenso
35:21 Anibal: a reunião que a gente marcou pra ontem
35:50 Anibal: solicitar ou um prazo
36:26 Antonio: já que a comissão não está trazendo um parecer... prazo
36:50 Marcelle: pra analisar a documentação e elaborar um parecer
37:28 Marcelle: como "não vai ter comprometimento da carga horária"
37:49 Marcelle: um parecer sem processo não tem como ***
37:52 Antonio: proposta de encaminhamento
38:54 Marcelle
39:22 Dalessando: ***
39:42 Dalessando: que não mudaria a situação o departamento indo pro
39:50 Dalessando: eu tenho um certo receio
40:05 Dalessando: disciplinas que estavam na computação
40:28 Dalessando: disciplinas como LF o Naufel parou de dar
40:50 Dalessando: a palavra é confiança mesmo
41:14 Dalessando: quando a reunião é gravada
41:34 Dalessando: pessoas mais adequadas a aula ... e menos a pesquisa
41:38 Dalessando: que o único mestrado que a gente tem
41:54 Dalessando: se (o mestrado) foi aprovado pelos nossos pares
42:07 Dalessando: documento que comprove no RFM ... adequação a pesquisa
42:56 Dalessando: falo diretamente pro Ochs
43:01 Dalessando: o Ochs usa o que ele coloca, o que ele fala
43:12 Dalessando: parece que tudo que fala a gente tem que rebater *
44:23 Dalessando: ó alunos, o que foi falado em reunião e ninguém rebateu *
44:32 Dalessando: eu acho errado ...
44:42 Dalessando: fala a verdade *
45:05 Dalessando: a gente está sendo reconhecido por gente externa
45:12 Dalessando: e internamente ficar essas bobeirinhas
45:20 Dalessando: o principal é o lance do documento ***
45:40 Ernani: encaminhamento - definir uma data
45:50 Ernani: o adiamento está impactando
46:28 Eduardo: pq eu nem sequer propus parecer definitivo hoje
48:05 Eduardo: sessao da tarde *
48:28 Eduardo: crise de confiança
49:00 Eduardo: é bom nós termos este espaço
49:11 Eduardo: paticipar uma vez por mes
49:20 Marcelle: o parecer quem faz é o colegiado
49:28 Marcelle: a comissão propusesse esse parecer
49:55 Marcelle: qual é a dificuldade de protocolar isto?
50:00 Eduardo: não são documentos formais
50:03 Marcelle:
50:15 Eduardo: mas não seria o suficiente
50:19 Marcelle
50:40 Moa: crise de confiança
51:08 Moa: quando as pessoas trabalham junto
52:00 Moa: procurando melhorar
52:49 Moa: cada grupo tem uma necessidade e um desejo / basico forte
53:18 Moa: eu entendi e sou a favor
53:47 Moa: essa comissão que tá sendo trabalhada aí
54:06 Moa: sentar pra conversar
54:10 Moa: aquela reunião com os alunos
54:33 Moa: tête a tête
54:48 Moa: eu não sinto a mínima vontade de vir pra cá trabalhar *
55:37 Moa: em nenhum momento pensei em ir pra petrópolis
55:44 Moa: a coisa aqui tá ficando cada vez mais insustentável
56:10 Moa: vira a cara pra você
56:16 Moa: ramiro
57:23 Moa: vamos montar o projeto
57:36 Moa: não vamos partir do princípio que o colegiado quer ferrar
57:58 Moa: a coisa mais importante é considerar o desejo de um grupo
58:34 Moa: que as areas que tem um interesse comum se aproximem
58:57 Aníbal: nada oficial
59:28 Aníbal: construir opções ***
59:40 Aníbal: nao é unicamente dar um parecer ***
1:00:20 Aníbal: horas que vão ser deslocadas
1:00:30 Aníbal: tem que ser construído mais detalhado
1:01:10 Magno: essa crise de confiança vai acabar
1:01:30 Magno: eleição
1:01:40 Magno: conheço todo mundo, nunca tratei ninguém mal
1:02:10 Ernani: dentro do ICT - estrutura complexa e burocrática
1:02:49 Anibal:
1:03:03 Anibal: com um grupo de outros professores
1:04:25 Dalessandro: a eleição
1:04:40 Dalessandro: representatividade
1:06:13 Dalessandro: dificilmente eu falo em etica
1:07:06 Marcelle: entendimento da plenária que tem ata registrada
1:07:39 Dalessandro
1:08:10 Dalessandro: na computação cada um dá a sua opinião
1:08:35 Dalessandro: não vejo isso no RFM
1:08:55 Dalessandro: a única chapa válida
1:09:21 Dalessandro: eu escolhi rio das ostras
1:09:55 Dalessandro: eu queria ver a cara de pau dessas pessoas
1:10:01 Marcelle: o regimento não deixa isso amarrado
1:10:25 Marcelle: mas foi um entendimento nosso interno
1:10:58 Fontana
1:11:12 Antonio: pra esclarecer que esse ponto do artigo 16
1:11:40 Antonio: nem o que a gente solicitou naquela reunião
1:12:10 Antonio: a revelia de todos
1:12:37 Antonio: briga justa mas não temos o controle de todas as instancias
1:13:05 Antonio: estaremos fazendo o que nos foi imposto
1:13:24 Antonio: se há oportunismo não é agora.
1:13:51 Antonio: o monstro já está feito
1:14:02 Dalessandro
1:14:11 Antonio/dalessandro
1:14:28 Antonio: nós temos que nos concentrar mais
1:14:34 Dalessandro: no nosso caráter. vou sair
1:14:35 (Dalessandro sai)
1:14:53 Fontana
1:14:57 Fontana: inverdades. quem mudou isso aí
1:16:25 Ernani: eu vejo isso acontecer até na engenharia
1:16:35 Ernani: mexeu com o bloco mexeu com todo mundo
1:17:10 Ernani: mascarando problemas que a gente tem
1:17:25 Ernani: um grupo de professores saindo
1:18:15 Flavia: a gente não tem autonomia pra coibir o RFM de fazer projetos
1:18:44 Flavia: vontade de ir pro RCN, eu concordo
1:19:04 Flavia: temos que procurar meios melhores pra trabalhar
1:19:14 Flavia: a gente não e contra o projeto dos professores
1:19:22 Flavia: garantia de volta de vagas ***
1:19:40 Flavia: a gente vai atrás de vaga
1:20:00 Flavia: somos aqui a elite pensante do país
1:20:18 Flavia: o projeto precisa ser melhor detalhado
1:20:23 Flavia: eles ainda estão na UFF
1:20:38 Flavia: no regimento não está preso
1:20:59 Flavia: é esperado que haja essa representaçao
1:21:10 Antonio
1:21:14 Antonio: já garantir no artigo
1:21:34 Flavia: acordo com a comissao eleitoral
1:21:57 Flavia: se a gente apoia como fica a comissão eleitoral?
1:22:57 Flavia: crescer -> vejo com bons olhos
1:23:20 Antonio
1:23:28 Marcelle: prorrogação
1:24:00 Marcelle: quando o Ernani perguntou
1:24:30 Marcelle: porque não aqui
1:24:40 Ernani
1:24:50 Marcelle: de isso ser no ict
1:25:05 Bazilio: o que ele achou estranho
1:25:20 Bazilio: mesmo no ict poderia fazer
1:25:35 Marcelle: o departamento entendeu que lá é o melhor
1:25:49 Eduardo: essa questão das vagas
1:25:56 Eduardo: tem fotos dos quadros
1:26:08 Eduardo: é bom que a engenharia ganhe mais vagas
1:26:15 Eduardo: como é que a gente consegue essas vagas extras
1:26:26 Eduardo: ou dizendo estamos criando um curso novo
1:26:50 Eduardo: vamos discutir juntos essas justificativas
1:27:03 Eduardo: que existe um rodízio
1:27:30 Eduardo: nao vamos pensar que as vagas vem de rodizio
1:27:47 Eduardo: pleitear mais vagas quando a gente tem projetos
1:27:52 Eduardo: ajudar voces a fazerem projetos com menos furos
1:28:10 Eduardo: lutar enquanto as justificativas nao existem
1:28:20 Antonio:
1:28:34 Moa:
1:28:43 Marcelle:
1:28:52 Eduardo: minha proposta de encaminhamento
1:29:00 Anibal: prazos e inserir pessoas
1:29:38 Marcelle: aumentar a comissão
1:29:40 Anibal
1:29:50 Marcelle: vou tentar entender os esclarecimentos
1:30:18 Antonio: o secretario dos conselhos
1:30:25 Marcelle:
1:30:25 Antonio: o que vai se alterar
1:30:50 Marcelle: as demais questoes
1:30:55 Antonio: nao há necessidade
1:31:16 Marcelle: eu insisto que sem processo
1:31:20 Anibal: o papel da comissao não é trazer o parecer
1:31:35 Antonio: comissão criada para
1:32:05 Antonio: processo administrativo
1:32:28 Marcelle:
1:32:36 Eduardo: posicionamento do cara do CEP
1:32:45 Eduardo: pontos A e B - que a gente respeite a posição
1:33:00 Eduardo: com projeto pedagógico completo
1:33:15 Eduardo: pra algumas coisas a gente não precisa desse parcer formal
1:33:33 Eduardo: parece que pra algumas coisas
1:33:45 Eduardo: releiam os pontos A e B
1:33:53 Flavia: eu não me sinto à vontade pra votar - vagas ***
1:34:08 Flavia: minha proposta de encaminhamento
1:34:40 Flavia: tem que fechar antes
1:34:48 Eduardo: obrigado mas na proxima reuniao
1:35:17 Eduardo: contra dar qualquer parecer neste momento
1:35:25 Marcelle: parecer agora
1:35:35 Flavia: computação é contra
1:35:53 Anibal: nao teve consenso na comissão nem documento formal
1:36:29 Moa: na proxima reunião a comissão traz o parecer dela
1:36:45 Moa: que o RFM fizesse o projeto
1:36:52 Moa: tou considerando que é o que tá na resolução
1:37:10 Moa: não é projeto pedagógico
1:37:35 Magno
1:37:45 Moa: deixa eu terminar
1:37:55 Moa: a celula da universidade é o departamento
1:38:10 Antonio: 
1:38:15 Marcelle:
1:38:25 Marcelle: não atende o que a resolução pede
1:38:45 Moa: foi mandado de volta
1:38:55 Anibal:
1:39:00 Marcelle: esse projeto não tem informações que ***
1:39:05 Moa: que seja enviado pro departamento
1:39:30 Bazilio: porque isto não pode ser feito dentro do ICT
1:40:17 Bazilio: as vagas quando são fornecidas
1:42:08 Bazilio: fontana e reestruturação
1:42:35 Bazilio: se ainda assim a comissão fica desconfortável
1:43:02 Anibal:
1:43:10 Flavia:
1:43:22 Marques:
1:43:45 Marques: a gente tem que responder só
1:44:00 Marques: a gente vota agora
1:44:20 Fontana: sem um processo, sem um projeto... não é
                 simplesmente o colegiado dar um parecer na ata...
                 aí pega uma ata do colegiado: "parecer:
                 ...somos favoráveis à extinção do
                 departamento". Não se extingue um departamento
                 - isso não existe! Tem que ter um projeto ... e
                 o projeto tem que ser anterior às decisões
                 todas que se vão tomar. Primeiro toma-se as
                 decisões e depois se faz um projeto? Não
                 existe! Eu nunca vi na minha vida! ***
1:44:58 Moa: encaminhamento pra aumentar o prazo
1:45:10 Eduardo: sempre vai faltar alguma coisa na opinião de alguém
1:45:55 Eduardo: as pessoas tem direito de pedir isso
1:45:59 Marcelle: vou colocar em votação a proposta do prof.
                  Antônio, que é da comissão apresentar um
                  parecer pro colegiado deliberar na próxima
                  reunião. É isso? ***
1:46:21 Eduardo: eu sou contra
1:46:23 Marcelle: dois votos contra, o resto a favor
1:46:37 Marcelle: vamos para o proximo ponto: resposta memorando RIC
# Pra baixar uma copia local:
wget http://angg.twu.net/audios/2013dec12-ict1.mp3
wget http://angg.twu.net/audios/2013dec12-ict2.mp3
wget http://angg.twu.net/audios/2013dec12-ict.html
# Veja:
# http://angg.twu.net/ferramentas-para-ativistas.html#audios
ooo